José Antonio Millan: “Perdón Imposible” RBA Barcelona. 2005. 173 pgs.

Arquivado em (Livros) por Pablo González Blasco em 05-01-2010

Tags: , , , , , , , ,

perdonbolsiUm livro divertido e dinâmico, que pretende ser um guia para uma pontuação mais rica e consciente. A obra não é um compêndio de regras, frias, desencarnadas. São reflexões, ilustradas com exemplos, que motivam o leitor para que se adentre na aventura de melhor pontuar. Afinal, não pontuamos –diz o autor- para dar gosto aos especialistas, mas para melhor comunicar-nos com os nossos semelhantes. Pontuar bem é uma necessidade, não um luxo; exige, de algum modo, colocar-se no lugar do leitor –de quem deverá ler o que nós escrevemos- para ver como se entende o que escrevemos; se estamos, ou não, fazendo-nos claros no modo de nos exprimir.  Mesmo escrito em espanhol, o livro será de utilidade para quem escreve português, porque as reflexões servem para qualquer idioma; afinal, o que o livro pretende é a que a expressão escrita se adéqüe ao que o escritor pensa e, de fato, quer exprimir. Um comentário colateral que se impõe –vem á mente enquanto lemos o livro- é que os déficits de conteúdo que encontramos no meio universitário de hoje são fruto da pouca leitura. Há muita comunicação presidindo um mínimo conteúdo. E o pouco conteúdo que se tem não se sabe exprimir com clareza. É preciso ler mais, para escrever melhor. Quem sabe carecemos de trocar algumas horas de navegação virtual por leitura e ensaios de escritura. O resultado, sem dúvida, compensará, pois a comunicação será mais eficaz.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)
José Antonio Millan: “Perdón Imposible” RBA Barcelona. 2005. 173 pgs., 5.0 out of 5 based on 2 ratings